terça-feira, 22 de maio de 2012

Declaração da ONU sobre o Direito dos Povos Indígenas faz cinco anos


Fórum dos indígenas na ONU termina nesta sexta
A Declaração das Nações Unidas sobre o Direito dos Povos Indígenas completa cinco anos. Para o indigenista e assessor da presidência da Fundação Nacional do Índio, Funai, o documento trouxe avanços.
André Albuquerque representa o Brasil no Fórum Permanente das Questões Indígenas, que acontece na sede da ONU, em Nova York.
Políticas
“A gente tem o exemplo do Congo, que inclusive elogiou o Brasil no Fórum esse ano como um exemplo de política indigenista. A legislação deles para povos autóctones (nativos) foi editada ano passado e foi inspirada, em grande parte, pela Declaração da ONU sobre o Direito dos Povos Indígenas. Há ainda muitos desafios, claro, mas eu acho que há o que celebrar em termos de avanço da proteção e da promoção dos povos indígenas no mundo, não só no Brasil.”
Segundo André Albuquerque, os indígenas formam 1% da população brasileira e ocupam 13% do território nacional. O representante da Funai diz que combater o preconceito contra os índios é um dos maiores desafios.
Discriminação

“São 220 povos, falando 180 línguas diferentes. Eu acho que é um processo lento e gradual de desmistificar, de esclarecer, de trazer informação, para que o brasileiro consiga perceber o índio como um cidadão do Estado, um cidadão que tem outras referências culturais. Mas que essas diferenças servem para engrandecer a nossa diversidade, a nossa cultura e não para disputas.”
André Albuquerque disse ainda que a Funai realizou na ONU um evento paralelo sobre políticas de demarcação de terras indígenas no Brasil.
Descobrimento
Na opinião do presidente da Assembleia Geral, a declaração é um “marco que inspirou mudanças positivas para a proteção das comunidades indígenas.”
Nassir Abdulaziz Al-Nasser discursou nesta quinta-feira em um evento comemorativo ao aniversário da declaração.
A 11ª sessão do Fórum Permanente das Questões Indígenas termina nesta sexta-feira. Neste ano, o tema do encontro é a doutrina do descobrimento.
Por:Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York
fonte: Jornal Joseense
Comente e passe pra frente!

Nenhum comentário:

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/