quarta-feira, 6 de junho de 2012

plano de ação para reduzir a mortalidade infantil e materna nas aldeias indígenas em todo o Brasil.

Depois da pressão dada pelos indígenas no Ministério da Saúde, principalmente os de Santa Catarina que ainda se encontram em Brasília, o governo anunciou nesta terça- (05) a criação de um plano de ação para reduzir a mortalidade infantil e materna nas aldeias indígenas em todo o Brasil. O lançamento foi considerado pelo governo como pontapé inicial para a Rio+20. Segundo o plano, será oferecido à população indígena, através de profissionais de saúde: consultas, procedimentos odontológicos; avaliação nutricional; exames de pré-natal; visitas domiciliares; busca ativa de casos de tuberculose e malária; controle do crescimento e desenvolvmento; testes rápidos para HIV, Sífilis e Hepatites B e C e atualização do cartão vacinal.DISTRITOS PRIORITÁRIOS – Os 16 DSEIs selecionados para o Plano de Ação Imediata são: Yanomâmi (RR e AM), Mato Grosso do Sul (MS), Xavante (MT), Interior Sul (SP, PR, SC e RS), Tocantins (TO), Alto Rio Negro (AM), Maranhão (MA), Leste Roraima (RR), Alto Rio Solimões (AM), Alto Rio Juruá (AC), Alto Rio Purus (AC, AM, RO), Vale do Javari (AM), Altamira (PA), Kaiapó do Mato Grosso (MT), Médio Rio Purus (AM), Médio Rio Solimões e Afluentes (AM). Os demais 18 DSEI também estão assegurando a entrada em área das suas equipes e farão parte do Plano de reestruturação do Subsistema de Atenção à Saúde Indígena.
Comente e passe pra frente!

Nenhum comentário:

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/