sábado, 17 de outubro de 2009

Greenpeace promove jogos para destacar importância da alimentação sustentável

Brasília - A organização não governamental (ONG) Greenpeace, que atua em defesa do meio ambiente, promoveu hoje (16), Dia Mundial da Alimentação, jogos educativos para conscientizar a população da importância de uma alimentação sustentável.

Os jogos prosseguem amanhã (17), na Torre de Televisão, e depois de amanhã (18), no Parque da Cidade Sarah Kubitschek, próximo ao Parque Nicolândia, em frente ao Quiosque do Atleta.

Hoje as atividades foram realizadas no Parque Olhos d'Água.

Voltados especialmente para as crianças, os jogos têm o objetivo de mostrar os benefícios que a pesca artesanal e a agropecuária familiar trazem ao clima, diminuindo o desmatamento e banindo a pesca ilegal em grande escala.

Na primeira etapa dos jogos, a criança pode escolher carne, grãos ou pescado. Depois, opta por um planeta bonito e saudável ou um planeta derretendo. Em seguida, escolhe entre práticas que resultem em alimentação sustentável e atividades agropecuárias industriais.

Segundo Rogério Puerta, voluntário do Greenpeace, a criança aprende que, com a agropecuária industrial, há desmatamento na Amazônia e grilagem de terra. “O jogo mostra que a agropecuária familiar é sustentável e mostra a diferença entre a pesca industrial e a pesca artesanal’, disse Puerta.

Para o coordenador de Políticas Públicas do Greenpeace, Nilo d’Ávila, todos os cenários indicam que, no futuro, haverá mudanças climáticas e problemas com a alimentação e com a pesca. “Pense no clima. Como contribuir com isso até na refeição?”.

Em dezembro, em Copenhague, a Organização das Nações Unidas (ONU) realizará a 15ª Conferência das Partes da Convenção do Clima (COP-15). O Greenpeace defende que, nesse evento, o Brasil assuma seu papel na questão do aquecimento global, comprometendo-se com o desmatamento zero, com o uso de pelo menos 25% de novas fontes renováveis na matriz energética e com a proteção de 30% da zona costeira, por meio da criação de áreas marinhas protegidas.

Uma petição dirigida ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que o país assuma sua responsabilidade na questão do aquecimento global do país circula nos eventos promovidos pela ONG, que pretende colher um grande número de assinaturas.

Incentivadas pelos ativistas do Greenpeace, crianças estão pintando uma enorme faixa para abrir em dezembro, em frente ao Congresso Nacional, para lembrar ao presidente Lula a importância da COP-15.
Fonte: Agência Brasil
Foto: Renato Araújo/ABr
Veja mais!

Nenhum comentário:

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/