domingo, 13 de setembro de 2009

Povos do Cerrado temem que mudanças na lei florestal resultem em desmatamentoBrasília - Manifestação cultural no Encontro dos Povos do Cerrado, que reuniu defensores da inclusão do bioma na Constituição como patrimônio ambiental.
Os povos que vivem no Cerrado se preocupam com a proposta de legislação que substitua o atual Código Florestal porque temem que as mudanças resultem em mais desmatamento na área ocupada pelo bioma e também na Amazônia.

Essa é uma das discussões que seguem debate no 6º Encontro Nacional dos Povos do Cerrado, evento que se realiza até amanhã, no Memorial dos Povos Indígenas, em Brasília.

Segundo a coordenadora do evento, Marilene Souza, outros temas ligados à preservação do Cerrado estão em discussão nas oficinas, entre os quais a proposta de emenda à Constituição (PEC) que prevê o reconhecimento da Caatinga e do Cerrado como patrimônios nacionais e políticas públicas para o Cerrado.

Tramitam no Congresso Nacional diversas propostas de legislação florestal e ambiental. De acordo com Marilene, os povos que vivem no Cerrado temem mudanças no código que tenham impacto negativo na política ambiental. “O Código Florestal envolve todos os biomas brasileiros, mas nosso temor é de que as mudanças que possam surgir impactem negativamente na política ambiental”, afirmou.

Ela disse, ainda, que as discussões realizadas nas oficinas vão resultar em uma carta com propostas para o Cerrado. O documento será entregue à imprensa, ao Congresso Nacional e a órgãos como o Ministério do Meio Ambiente.

Além das oficinas, há também a feira com produtos do Cerrado. Até amanhã, haverá apresentação de danças. Participam do encontro índios e quilombolas das regiões de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, do Tocantins e de Goiás.
Roberta Lopes
Repórter da Agência Brasil
Foto:José Cruz/ABr
Fonte:Agência Brasil

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/