quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Questão que diz respeito a nós todos que vivemos e amamos Olhos D’Água.
Esta é uma questão que diz respeito a nós tod@s que vivemos e amamos Olhos D’Água. Já notaram como cresce rápido a área plantada de eucalipto ao lado da estrada de Alexânia para Olhos? Alguém sabe qual é a meta final daquilo? Sabe-se como é cultivado? Não parece bastante ameaçador que se plante grande extensão monocultural de eucaliptos no cerrado, onde minam as águas que iniciam as grandes bacias brasileiras, sob clima seco e quente? Alguém conhece a licença (se existe) ambiental do tal eucaliptal?
Acho que devemos cuidar urgentemente de questionar a prefeita de Alexânia sobre isso e outras coisitas más que andam rolando com freqüência crescente nos últimos anos.

Vamos conversar sobre isso?

Áurea Lúcia

Defensoria obtém decisão que suspende plantio de eucalipto em Piquete
Fonte: DPE/SP
Data: 4/11/2009

Defensoria obtém decisão que suspende plantio de eucalipto em PiqueteFonte: DPE/SPData: 4/11/2009A Defensoria Pública do Estado de São Paulo em Taubaté obteve decisão liminar junto à Vara Cível da Comarca de Piquete que suspende novos plantios, aplicação de herbicidas e replantios de eucaliptos naquele município. Na decisão, a juíza Kátia Margarida Barroso determinou sejam feitos estudos de impacto ambiental e elaboração do respectivo relatório (EIA/RIMA), conforme legislação vigente. Em caso de descumprimento da decisão, foi fixada multa diária de 15 mil reais.A liminar é resultado de ação civil pública (ACP) proposta pela Defensoria, no último dia 29/09, contra expansão da monocultura de eucaliptos pelas empresas Nobrecel SA Celulose e Papel e a Monsanto do Brasil no município de Piquete, no Vale do Paraíba. A ACP busca impedir que a Nobrecel utilize o herbicida Scout-NA, fabricado pela Monsanto, uma vez que movimentos sociais de preservação do meio ambiente denunciam que a o uso do herbicida desde 2004 pela empresa provocou a contaminação do ecossistema da região, além de danos à saúde de pessoas que moram na cidade.A ação busca também a condenação do Estado de São Paulo e Prefeitura de Piquete na fiscalização da expansão da monocultura do eucalipto na região e que futuras licenças ambientais sejam condicionadas à realização do Estudo de Impacto Ambiental pelas empresas. Em março do ano passado, a Defensoria Pública do Estado em Taubaté já havia conseguido no Tribunal de Justiça de São Paulo a suspensão do plantio e replantio de eucaliptos no município de São Luiz do Paraitinga, também no Vale do Paraíba (saiba mais).
Coordenadoria de Comunicação Social e Assessoria de Imprensamailto:Imprensaimprensa@dpesp.sp.gov.br

Comente!

Nenhum comentário:

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/