domingo, 5 de maio de 2013

Oficina Reciclagem Musical

Musical de Papel
Rogério Pereira Arte educador
 Reciclar papeis, fazer música e instrumentos é o objetivo desta oficina que mostra como é possível, a partir da simplicidade transformar criar e fazer arte isso desperta em crianças, adolescentes e adultos o sentido que tudo e possível, a partir da disposição de transformar e reciclar e dai fazer surgir o novo, usando a música como ponte para o entendimento que somos parte do meio ambiente.
 A música e uma atividade lúdica e terapêutica (musicoterapia) o artesanato uma pratica manual
que pode ser econômica, não só terapêutica, quando isso tudo se alia a reciclagem de papeis, vira sócio cultural ou seja educa, ocupa e gera renda e principalmente contribui com a ecologia sem falar no socializar, fator muito importante no contexto do trabalho.
Do resultado da oficina teremos flautas de papel para serem vendidas como suvenir da cidade e se houver interesse dos alunos temos a intenção de formar um Coro de Flautas de Papel, para isso será iniciado um curso de flautas com o Rogério Pereira.



Numa comunidade onde a tradição é artesanal, falta de ocupação emprego e oportunidades de lazer e cultura, um projeto como este faz muito sentido, porque une arte educação e ocupação de forma barata, e podendo gerar alguma renda, alem de divulgar o nome da cidade.
fotos da primeira oficina realizada em Olhos D’água - GO na casa da Sr. Ângela Madrilis que gentilmente abriu suas portas.

Oficina Reciclagem Musical e fabricação de flautas de papel ministrada pelo Arte educador Rogério Pereira, que se realizou no distrito de Olhos D`Água e teve a participação de 24 pessoas na sua maioria crianças, onde além de aprender a construir Flautas de papel teve contato direto com o meio ambiente uma vivência em grupo, sem falar de um belo banho de pisciana, ou seja, arte cultura educação e lazer tudo num mesmo espaço e momento.
A pretensão deste trabalho é fazer da arte e da cultura um instrumento transformador socializador, através da simplicidade de uma folha de papel agregar valores econômicos e sociais e daí surgir um bem cultural algo que não se pode perder, não se pode tomar, pois o conhecimento adquirido e uma vez apreendido se torna parte da historia de cada um, valores e habilidades e conceitos aplicados, que passam a fazer parte do patrimônio intelectual de cada individuo.



Veja fotos do evento:
 
 






Fotos:Peninha
Comente e passe pra frente!
 

Nenhum comentário:

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/