sábado, 13 de abril de 2013

Reforço à produção de orgânicos

Comissão Nacional de Agroecologia destaca importância do levantamento de variedades de sementes crioulas e tradicionais
O papel do Ministério do Meio Ambiente no apoio à agrobiodiversidade foi discutido durante a 3º Reunião da Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (CNAPO), realizada nessa quinta e sexta-feira (11 e 12/4), no Palácio do Planalto, em Brasília. A Comissão discute, por meio de grupo formado por representantes do governo e sociedade civil, a elaboração do Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Planapo), previsto para ser lançado nos próximos meses. Trata-se de ferramenta de apoio à produção de orgânicos, conservação dos recursos naturais, pesquisa e consumo.

“Quanto à agrobiodiversidade, será necessário investir no levantamento de variedades de sementes crioulas, tradicionais e locais, na infraestrutura e suporte técnico e operacional para a manutenção e funcionamento dos bancos de sementes comunitários”, explicou a assessora da Gerência de Agroextrativismo da Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do MMA, Cláudia Souza. “Também na validação e registro de cultivares de interesse social para o zoneamento agrícola, assegurando cobertura pelo seguro agrícola”, completou Cláudia. A agrobiodiversidade é resultado da relação entre o homem com as diversas práticas agrícolas, com ações de preservação do meio ambiente e inclusão social.

Durante a reunião, a Comissão destacou a necessidade de ampliação do levantamento de informações sobre a produção extrativista   e sobre vários aspectos das comunidades que realizam a exploração de Produtos Florestais Não Madeireiros (PFNMs). O grupo também ressaltou a importância da revisão e debate sobre os níveis toleráveis de agrotóxicos presentes na água para irrigação e no consumo humano e animal, além do monitoramento da contaminação por agrotóxicos no solo, na água e no ar.

SAIBA MAIS

A Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (CNAPO) discute, desde novembro de 2012, o Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Planapo). O grupo propõe diretrizes, objetivos, instrumentos e prioridades, promovendo o diálogo entre as instâncias governamentais e não governamentais relacionadas à agroecologia e produção orgânica, em âmbito nacional, estadual e distrital.

Fazem parte da Comissão os ministérios do Meio Ambiente (MMA), Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Desenvolvimento Agrário (MDA), Casa Civil da Presidência da República, Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), entre outros órgãos do governo. Além de diversas associações representativas da agroecologia e orgânicos.  
Fonte: MMA

Comente e passe pra frente

Nenhum comentário:

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/