sexta-feira, 18 de janeiro de 2008


Artigo publicado no Jornal do Brasil - Autoria de Jean Galard é professor e diretor cultural do Museu do Louvre, em Paris.Participou de um recente seminário sobre artre contemporânea realizado no Museu Vale do Rio Doce, em Vila Velha (ES).



" Nas últimas décadas, os recursos técnicos de que dispõe a humanidade multiplicaram-sede modo acelerado. Paradoxalmente, se aprofundou o sentimento da impotência humana diante do curso dos acontecimentos. É impossível delinear o cenário da arte contemporânea, por vários motivos. O primeiro, o mais banal, é que tudo que é contemporâneo foge das definições panorâmicas, pelo simples motivo de que falta distanciamento para tanto.

O segundo é o que o territòrio da arte contemporânea foi extraordinariamente ampliado, a exemplo das bienais, que se multiplicaram por cem nas duas últimas décadas. E, por fim, o que foi chamado de pós-moderno acabou com as normas que regiam, bem ou mal, a arte moderna.

Não há mais "tendência". Esse é o cenário da arte contemporânea. A impressão que sente quem considere os períodos mais ou menos recentes da atividade artística, e que viaje um pouco(nem que seja apenas pela internet), é de que nunca houve tanta diversidade, nem tanta liberdade de invenção. Alguns observadores competentes não cansam de repetir que a vida artística se "globalizou" como orestante da atividade econômica e que se vê a mesma coisa em todo lugar. Sim, com certeza, mas para quem se limita em olhar nas instituições dominantes as obras que subjugam o mercado.

A arte, ao longo do século XX, produziu obras às quais o antigo conceito de beleza não podia mais ser aplicado. Há muito tempo, a arte renunciou a encantar, a seduzir, a decorar, a agradar. Um dos desdobramentos dessa evolução está na violência com a qual as obras mais memoráveis do nosso tempo vêm jogar na nossa cara o testemunho da violência do mundo. Testemunho inútil, já que nada podemos fazer? Testemunho útil, sim, pois, globalmente nos tornamos menos ignorantes, menos broncos."


Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/