terça-feira, 26 de outubro de 2010

Edital promove pesquisa em nanociência e nanotecnologia

Nanotecnologia é a atividade de trabalhar a matéria átomo por átomo, usando como medida o átomo, que equivale a um bilionésimo de metro. Atuando com tal precisão, ela é capaz de criar objetos de qualidade superior aos existentes. Pesquisas sobre essa nova tecnologia ocorrem nas principais universidades e centros de pesquisa do mundo, abrangendo física, química, biologia, ciência, engenharia de materiais, informática, eletrônica e também começa a ser aplicada na produção de alimentos e na medicina.


A nanociência tem alcançado grande visibilidade e hoje muito se investe nessa área que promete grandes evoluções. Para dar continuidade ao processo de expansão e consolidação de competências nacionais em nanociência e nanotecnologia, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq/MCT) lança chamada pública para apoiar a formação de redes de cooperativas de pesquisa e desenvolvimento nessas áreas. Ao todo serão investidos R$ 4,9 milhões.

“O estabelecimento dessas redes favorece a colaboração entre centros e instituições de pesquisa comprometidos com o desenvolvimento da nanociência e da nanotecnologia no País, agregando competências em linhas de estudo correlatas e facilitando o alcance das metas propostas”, afirma o gestor do Edital 074/2010, Cassiano D'Almeida.

A chamada foi elaborada para auxiliar no alcance das Metas do Milênio, estabelecidas pelo compromisso de 192 países, inclusive o Brasil, para garantir a sustentabilidade do planeta. Foram definidas oito metas de desenvolvimento do milênio a serem cumpridas até 2015, entre elas estão: erradicar a extrema pobreza e a fome, atingir o ensino básico universal, garantir a sustentabilidade ambiental e estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.

Os projetos selecionados deverão contribuir para a identificação, qualificação e solução de problemas relevantes em nanociência e nanotecnologia, na busca do desenvolvimento sócio-econômico e científico do Brasil. As áreas apoiadas são: Armazenamento, produção ou conservação de energia; nanomateriais; tratamento de água, ou remediação ambiental; redução, ou tratamento da poluição; incremento da produtividade agrícola; detecção e controle de vetores e pragas; liberação controlada de fármacos e monitoramento ou diagnóstico em saúde.

Os interessados têm até 22 de novembro para enviar suas propostas. A inscrição deve ser encaminhada ao CNPq exclusivamente via Internet, por intermédio do Formulário de Propostas Online, disponível na Plataforma Carlos Chagas (http://carloschagas.cnpq.br/). O proponente deve ter título de doutor, currículo cadastrado na Plataforma Lattes e ter vínculo celetista ou estatutário com a instituição de execução do projeto. A divulgação dos resultados está prevista para dezembro.

Para saber mais consulte o Edital: http://www.cnpq.br/editais/ct/2010/074.htm

Nenhum comentário:

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/