domingo, 15 de março de 2009











A Argila e a Beleza

Muitas pessoas apostam nos recursos para cuidar da beleza e prevenir os efeitos do tempo. Em geral, os resultados costumam serem promissores e, além disso, a prevenção continua sendo o melhor caminho.
Segundo pesquisas realizadas durante mais de vinte anos em várias regiões brasileiras pela Médica e Cosmetóloga Dra. Maria Amélia Ferreira Ramos sobre o assunto ARGILA, a pesquisa comprovou que o emprego da argila na pele é altamente eficaz em vários aspectos. O resultado é uma tez macia e sedosa, além da eliminação de cravos e espinhas. Ressaltando que devido à textura arenosa, a argila é capaz de promover um verdadeiro “peeling”, além de renovar as células, absorver as impurezas, revigorar os tecidos, ativar a circulação e realizar uma limpeza profunda.
A argila pode ser usada em todos os tipos de pele, contudo não é qualquer argila que pode ser manipulada, apenas a argila sulfurosa, extraída há mais de trinta metros abaixo do solo, porque é nela que se encontra e se acumulam as reais propriedades cosméticas e terapêuticas que podem proporcionar a prevenção no aparecimento de rugas, manchas e envelhecimento.
Sebastian Kneipp afirmava em 1821: “Argila tira a inflamação. Puxa para fora as matérias mórbidas, pútridas, absorvendo e purificando assim os abscessos e as ulcerações. É um excelente medicamento nas dores de cabeça, das costas, nas inflamações, inchaços, intoxicações e entorses”.
Jack Szostak – Universidade Harvard – USA – com seus experimentos marca mais um ponto a favor da argila, afirma: “Ela é capaz de induzir a formação de cadeias de RNA, que ao contrário do DNA, consegue sozinha induzir reações químicas ”. Para muitos cientistas, o RNA é o primeiro material genético da história da vida.
Hoje a moda é usar a argila em tudo, mas esses tratamentos com argila são denominados Argiloterapia ou Geoterapia que utiliza como uma de suas bases a aplicação ou ingestão de argila, que atua no tratamento de diferentes doenças, desde afecções cutâneas e amidalites, até disfunções hormonais e úlceras. Suas ações terapêuticas se resumem em: antiinflamatória, cicatrizante, desintoxicante, analgésico e vitalizante. Também através de compressas, cataplasmas, máscaras, banhos ou escalda pés pode ser: antiinflamatória, cicatrizante, anti-reumático, tonificante, antiinfeccioso, antitóxico e anti-séptico.
Somente um terapeuta especializado saberá como usar adequadamente a argila de forma a dar o melhor resultado ao tratamento, pois é muito importante a verificação da procedência da argila e a forma de utilização.

Caroline Miranda – março 2009

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/