quinta-feira, 25 de junho de 2009

Pereira da Viola e Wilson Dias iniciam o Projeto Bate Pilão.
Uma celebração da cultura popular!
Juntamente à Festa de Lançamento do 27º Festivale, exposição da artista plástica Marina Jardim.
Vários artistas convidados.
Venha dar vivas à cultura popular!
Até lá.

Dia: 02 de julho/2009 (quinta -feira) - 20 horas
Local: Lapa Multshow
Rua Álvares Maciel, 312 - Santa Efigênia

Ingressos: Preço único R$10,00

Informações: Nilce Gomes 8721-7122
Vanessa Duarte: 8737-8744

Veja mais!

quarta-feira, 24 de junho de 2009

ONGs cobram ações imediatas do governo para enfrentar mudanças climáticas
Luana Lourenço
Repórter da Agência Brasil

Brasília - Organizações não governamentais ambientalistas ligadas a questões climáticas vão apresentar hoje (24) manifesto cobrando ações imediatas do governo para reduzir as emissões brasileiras de gases de efeito estufa e garantir resultados na negociação global sobre um novo acordo para complementar o Protocolo de Quioto, marcada para dezembro em Copenhague, na Dinamarca.

O grupo, batizado de Observatório do Clima, organiza hoje um debate com representantes do governo, do Congresso Nacional e da sociedade civil para discutir os instrumentos adotados pelo Brasil para enfrentar as mudanças climáticas e o andamento da negociação internacional que deverá ser concluída em Copenhague.

Entre as reivindicações está a implementação de medidas efetivas do Plano Nacional de Mudanças Climáticas, inclusive com a definição de metas de redução para o desmatamento de biomas como o cerrado e a caatinga. A versão atual do plano só prevê metas para a Amazônia.

Na avaliação das ONGs, o plano “ainda está longe de ser um esforço de Estado que coloque o Brasil nos trilhos de um desenvolvimento com baixos níveis de carbono”. Além da redução dos índices de desmatamento, o grupo defende outros compromissos, como a prioridade para energias renováveis e a redução drástica de autorizações para termelétricas a óleo e carvão mineral.

“Queremos a aprovação da Política Nacional de Mudança do Clima, com status de lei, que possa regulamentar a questão de forma mais consistente, mais duradoura”, acrescentou a pesquisadora do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), Brenda Brito. O projeto de lei que cria a política está em tramitação no Congresso.

Em relação às negociações internacionais, as ONGs pedirão que “os negociadores sejam firmes para garantir metas ambiciosas e rígidas de redução de emissões de gases de efeito estufa pelos países desenvolvidos”. Além disso, na avaliação do grupo, os negociadores brasileiros deverão concentrar esforços para criar um mecanismo que estimule a redução de emissões por desmatamento e degradação, o chamado Redd.

“As negociações já começaram e é possível chegar a um acordo em Copenhague se houver comprometimento. É possível ter um acordo que possa prever metas mais ambiciosas e, principalmente, a criação de um mecanismo para florestas, que beneficiaria muito o Brasil”, comentou Brenda.

Edição: Graça Adjuto

terça-feira, 23 de junho de 2009

Ibama e Funai realizam curso de Agentes Ambientais Voluntários em Terra Indígena no Amazonas
Manaus
O Núcleo de Agentes Ambientais Voluntários do Amazonas – NAAV/AM dá prosseguimento à agenda de formação de Agentes Ambientais Voluntários - AAVs de 2009 com o 52º curso de AAVs. O curso foi realizado na Terra Indigena Koatá, aldeia Laranjal, no município de Nova Olinda do Norte para as etnias indígenas Munduruku, Maraguá, Mura e Sateré-Mawé, com um total de 44 participantes.

A realização do evento contou com a parceria da Fundação Nacional do Índio - Funai, em atendimento à solicitação dessa instituição e conforme planejamento da Superintendência do Ibama no Amazonas para o ano de 2009.

A jornada foi iniciada no dia 3 e terminou no dia 10 de junho. Cinco servidores do Ibama e três da Funai partiram de Manaus às 5h em carros das duas instituições, com destino a cidade de Nova Olinda do Norte, obedecendo os trechos: Manaus, travessia fluvial do Ceasa, município do Careiro Castanho, BR- 319, Estrada de Autazes, travessia fluvial para cidade de Autazes, cidade de Autazes estrada do Rosarinho, travessia em lancha até a cidade de Nova Olinda do Norte. Às 7h do dia seguinte, a equipe partiu de barco com destino á comunidade indígena Laranjal onde uma hora e meia depois foi recebida pelo Tucháua (chefe da tribo).

A equipe permaneceu por cinco dias na aldeia Laranjal. Durante o curso foram ministradas palestras e exibidos filmes sobre questões relacionadas ao meio ambiente, educação ambiental, ecologia, legislação ambiental, pesca, flora e fauna silvestre. Sobre este último tema, o curso contou com a participação do servidor do Robson Czaban do Núcleo de Fauna Silvestre do Ibama/AM, que aproveitou a visita à região e fez junto com um dos indígenas um levantamento de aves no entorno da aldeia; foram registradas 137 espécies diferentes de aves na área.

Para os indígenas e o Tucháua da aldeia “foi uma grande honra receber servidores das instituições federais”, os quais conviveram com as diferenças étnicas e culturais, onde problemas sócio-ambientais foram discutidos e para os quais foram debatidas soluções viáveis.

Ao final do evento foi entregue ao Tucháua um CD com fotos do evento e da fauna silvestre local com o objetivo de reforçar o valor cultural da região e o compromisso de sua conservação.

Ascom Ibama/AM
fotos: Robson Czaban Supes Ibama/AM

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Governo e rede de supermercado vão incentivar substituição de sacolas plásticas
Alana Gandra
Repórter da Agência Brasil
Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
Rio de Janeiro - A preservação do meio ambiente é a tônica da campanha nacional que o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, lançará terça-feira (23), em São Paulo, com o apoio da rede de supermercados Wal-Mart Brasil. Um dos objetivos é incentivar a substituição de sacolas plásticas, utilizando outros meios para o transporte de compras e o acondicionamento de lixo.

Os detalhes da campanha serão anunciados por Minc em entrevista coletiva após a solenidade, que será realizada no Hotel Hyatt. A secretária de Articulação Institucional do ministério, Samyra Crespo, disse à Agência Brasil que o foco é “mudar o hábito do consumidor no ponto de venda. É uma educação para o consumo consciente, para o consumo sustentável. Esse é o tema da campanha”.

Samyra afirmou que a idéia é mostrar ao consumidor quais as opções que ele tem para tomar uma atitude consciente. “Nós não vamos dizer para ele que nunca mais poderá usar uma sacola de plástico. Nós vamos dizer quais as conseqüências dos atos dele na hora em que usa sacola plástica muito além do que precisa. O nosso foco é na redução do consumo, acrescentou.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o Brasil consome a cada ano 12 bilhões de sacolas plásticas. Cada brasileiro usa em torno de 66 unidades por mês. Como se trata de um material que exige longo tempo para decomposição, estimado em cerca de 500 anos, o plástico acaba provocando danos muitas vezes irreparáveis ao meio ambiente.

A rede de supermercados Wal-Mart Brasil informou, por e-mail, que a campanha nacional Saco é um Saco quer alertar a população sobre a importância de reduzir o consumo de sacolas plásticas. A campanha recomenda que a população recuse esse tipo de material, sempre que for possível, para o transporte de compras e o acondicionamento de lixo.

Segundo a Wal-Mart, “a campanha aposta no poder de decisão do consumidor como ação transformadora de hábitos e atitudes”. O argumento é que embora os sacos plásticos não custem nada na hora das compras, eles representam um custo que não pode ser mensurado quando jogados nos rios, bueiros, ou mesmo no mar, matando peixes, tartarugas e outros animais. “A natureza sofre, soterrada por uma maré de lixo, e nossa qualidade de vida diminui, como se pode ver pelas enchentes que vêm assolando as cidades brasileiras”, adverte a rede de varejo.

O grupo lembra que, em todo o mundo, milhares de cidadãos já estão adotando alternativas às sacolas plásticas. “Eles já entenderam que saco é um saco para nós, para a cidade, para o planeta e para o futuro”, afirmou. Com a campanha, o Ministério do Meio Ambiente pretende ainda fortalecer a corrente de consumidores conscientes.

Desde dezembro de 2008, a Wal-Mart Brasil criou o programa Cliente Consciente Merece Desconto. Esse é, até o momento, o único programa no Brasil que repassa benefícios financeiros aos consumidores que recusarem os sacos plásticos para transportar suas compras.

A meta da empresa é reduzir pela metade o uso de sacolas plásticas em suas lojas até 2013. Na prática, as lojas repassam, em seus caixas, o custo de R$ 0,03 por sacola plástica que o cliente deixa de usar. A cada cinco produtos adquiridos na rede, ele recebe o valor de uma sacola. Se comprar uma quantidade maior de itens e não usar os sacos plásticos, o desconto será calculado de modo proporcional.

Em setembro do ano passado, a Wal-Mart Brasil passou a oferecer aos clientes uma sacola reutilizável feita de algodão, ao preço de R$ 2,50 a unidade. A rede estima que 1,5 milhão de sacolas desse tipo já estão sendo usadas pelos clientes em todo o país. Em nível mundial, a Wal-Mart anunciou investimentos em sustentabilidade no valor de US$ 500 milhões, em cinco anos.
Edição: Graça Adjuto
Veja mais!

terça-feira, 16 de junho de 2009

Não percam!!!


A Oficina Circo Íntimo apresenta:
Vale EncantadoUm musical de Oswaldo Montenegro
Direção:Abaetê Queiroz
Coreografias: Juliana Drummond
Música: Carol Sá, Miriam Marques,Iano Fazio e Yuri Tarzan
Teatro Garagem (Sesc 913 sul)
Dias: 18, 19, 20 e 21 de junho
Horário: Qui, sex e sab as 21h e dom as 20h

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Keuton e Karen 1˚ Lugar em Anápolis

Aconteceu na Nobel Square nesta quarta-feira 10/06/2009, a eliminatória do 4˚ Mias Sertanejo Festival promovido pela Positiva FM Goiânia.Participaram 15 duplas da cidade de Anápolis e região, onde foram selecionadas 4˚ duplas para semifinal que irá acontecer no final de junho. Keuton e Karen, com a autenticidade da música sertaneja raiz, conquistaram o 1˚ lugar com a média 178,5 interpretando uma música de sua autoria (Genuinamente Caipira), e irão representar Anápolis em Goiânia. Seguem na defesa da bandeira da música caipira com pouco mais de dois anos de carreira, conquistado seu espaço no cenário nacional da música brasileira.

terça-feira, 9 de junho de 2009

1ª Conferência Internacional do Teatro do Oprimido
Um tributo a Augusto Boal e à continuidade de sua obra

20 a 26 de julho de 2009, no Rio de Janeiro

Com alegria e esperança renovadas, confirmamos a realização da 1ª Conferência Internacional do Teatro o Oprimido a realizar-se de 20 a 26 de julho de 2009 no Conjunto Cultural da Caixa - Teatro Nelson Rodrigues e Teatro de Arena -, na cidade do Rio de Janeiro. O evento será um tributo a Augusto Boal e sua obra, e um marco histórico para a continuidade de seu trabalho e desenvolvimento de seu Método.

A programação relacionada à 1ª Conferência Internacional do Teatro do Oprimido será gratuita e aberta ao grande público, mediante inscrição.
Os interessados devem preencher e enviar a ficha de inscrição anexa para helensarapeck@ ctorio.org. br c/c geobritto@ctorio. org.br, até 20 de junho de 2009. A inscrição será confirmada através de carta-convite.

20/07 - Cerimônia de abertura com coquetel de lançamento da sexta edição da revista Metaxis, a publicação do Centro de Teatro do Oprimido, instituição da qual Augusto Boal foi o diretor artístico por vinte anos;

21 a 23/07 - Painéis de discussão sobre o impacto da aplicação do Teatro do Oprimido em diversas regiões do mundo e em diferentes áreas temáticas;

21 a 24/07 - Mostra Internacional de Vídeos;

21 a 24/07 - Apresentações de espetáculos de Teatro-Fórum com sessões de Teatro Legislativo;

21 a 26/07 - Exposição de produções da Estética do Oprimido.

Encontro Internacional de Praticantes do Teatro do Oprimido

De 24 a 26 de julho, acontecerá o Encontro Internacional de Praticantes do Teatro do Oprimido, exclusivo para convidados. Grupos, projetos e instituições com reconhecida atividade com o método do Teatro do Oprimido em suas regiões e países. Por se tratar de um Encontro Internacional haverá limite de vagas por país. A seleção dos participantes levará em conta nível de formação, tempo de experiência, relevância, dimensão e impacto das ações realizadas. A participação será confirmada através de carta-convite.

Conferência Internacional do Teatro do Oprimido. Entre as participantes confirmados estão ativistas dos EUA, França, Holanda, Moçambique, Guiné-Bissau, Inglaterra, Palestina, Israel, Índia, Alemanha e Brasil. A convocatória para o evento que acontece no Conjunto Cultural da Caixa (Teatro Nelson Rodrigues e Teatro de Arena), já está sendo distribuída para a imprensa, universidades, movimentos sociais etc. O texto da convocatória é acompanhado de ficha de inscrição e questionário para todos aqueles que desejarem acompanhar o dia-a-dia da Conferência.
veja mais!

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Fagner homenageou Patativa do Assaré da tribuna do Senado
Foto: José Cruz/ABr Brasília - Depois de cantar "Festa da natureza" e "Vaca Estrela e Boi Fubá" da tribuna do Plenário, o cantor e compositor Raimundo Fagner homenageou Antônio Gonçalves da Silva, o Patativa do Assaré

quarta-feira, 3 de junho de 2009

TrOVAR-TE

Programação paralela à 72° Feira do Troca de Olhos D’Água.
6°f (05/jun)
Participarão pelo Sarau Psicodélico: Cláudia Santoro (performer), Ingrid (dança do ventre), Walter Sarça (poeta) e ainda o DJ/MC Gérson de Veras (Coletivo de Poetas), Beth Jardim (poeta da Tribo das Artes) e Vinícius Borba (poeta do grupo Radicais Livres), entre outros.
Entrada Franca
Bandas convidadas: Clã dos Vinte e O Verde.
Sáb. (06/jun)
Festa c/ DJs e convidados
Entrada a 5 legai$

Veja mais!
Comunidade cultural está de luto

Na foto: Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional sob regência do maestro Sílvio Barbato

Brasília - e muito particularmente sua comunidade cultural - está de luto.
Nenhuma tragédia guarda em si apenas a dor dilacerante dos que ficaram. Toda tragédia guarda segredos que se revelam em pílulas de angústia e horror. As 228 pessoas que voavam com seus planos e esperanças foram tragadas de súbito pelo imprevisto de um acidente em uma máquina, meticulosamente, construída para não falhar.
À imperfeição da obra dos homens junta-se a perplexidade de nossa incompreensão dos desígnios de Deus.
O acidente que chocou o mundo não escolheu pátria nem destino. A confirmação da notícia de que o maestro Sílvio Barbato e a soprano Juliana de Aquino estavam no voo se abateu sobre Brasília com a intensidade inevitável de sua carga trágica.
O maestro Sílvio Barbato, como Juliana de Aquino, aprenderam a amar Brasília com um amor do tamanho de seus talentos. Brasília, sendo amada por eles, ama-os generosamente.
Barbato, ao lado do imenso Cláudio Santoro, implantou e deu consistência a esta orquestra que hoje está entre as três melhores do País, nas mãos talentosas do Maestro Ira Levin.

Às suas famílias a nossa mais sentida solidariedade.
Por Silvestre Gorgulho, Secretário de Cultura do Distrito Federal

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Governo federal vai cadastrar produtores orgânicos em todo o país
Cristiane Ribeiro
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - O governo federal vai cadastrar os produtores orgânicos em todo o país para saber quantos são e qual a real produção brasileira sem o uso de agrotóxicos em frutas, legumes, hortaliças, leite, carnes, mel de abelha, produtos cosméticos e de limpeza.

Ao anunciar a medida hoje (30) no Rio de Janeiro, o coordenador de Agroecologia do Ministério da Agricultura, Rogério Dias, informou que o objetivo é fazer um banco de dados para elaborar, pela primeira vez, uma estatística oficial sobre o setor de orgânicos no Brasil.

Ele lembrou que somente a partir da regulamentação da atividade com a Instrução Normativa n° 17, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (29) é que o perfil do setor orgânico brasileiro poderá ser conhecido.

Ao participar do Rio Orgânico 2009, evento que marcou no estado encerramento da 5ª edição da Semana Nacional Orgânica, Dias listou uma série de ações que o Ministério da Agricultura vêm fazendo para aumentar a produção dos orgânicos e torná-los mais acessíveis à população.

“Estamos assinando um protocolo com os Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia para a criação de núcleos de agroecologia nas escolas técnicas e universidades. Além disso, o governo federal já paga 30% a mais pelo produto orgânico nas compras institucionais. A inclusão dos orgânicos na merenda escolar é nosso próximo passo”, disse.

Para o representante do Ministério da Agricultura, no entanto, é preciso maior engajamento da sociedade. “A população precisa cobrar do comerciante a oferta do produto orgânico nas prateleiras”, pois, conforme acrescentou Dias, esta é uma forma de estimular a produção e, assim, reduzir o preço final do produto.

“Hoje já temos algumas tecnologias melhores, algumas políticas públicas como o pagamento de 30% a mais pelo produto orgânico. Então, nós já temos coisas acontecendo, mas quanto mais a gente entenda a importância desse processo, muita coisa vai acontecer”, defendeu.

Ainda na defesa do consumo dos orgânicos, Rogério Dias enfatizou que o Banco do Brasil e o Programa Nacional de Assistência a Agricultura Familiar (Pronaf) têm linhas de crédito diferenciadas com juros mais baixos e prazo de carência maior para que o produtor faça a conversão do produto convencional para o orgânico.
vaja mais!...

Lixo eletrônico

Loading...

Área de Preservação Ideológica!!!

Bem vindos a Área de Preservação Ideológica!
http://www.sitecurupira.com.br/